Osho

"Deus não é uma solução, mas um problema" (Osho)

"A nova sensação na internet se trata do indiano zen já falecido Rajneesh que manteve um enorme arsenal de gravações em vídeos, sendo que algumas vêm sendo publicadas no youtube no presente momento.

Osho vem atraindo ouvintes e seguidores que simpatizam com sua aparência exótica que faz lembrar um sacerdote, pois usa uma diversidade grande de chapéis e túnicas diferentes. Suas mensagem vem atraindo adeptos que se familiarizaram com a mensagem semelhante à do filme Matrix onde o libertador sentado num trono oferece ao Neo a opção de sair do Sistema. Mensagem típica que os filósofos criaram no mito da caverna. Sim, Osho se formou como filósofo na Índia e utiliza sua eloquência (lábia) para iludir e entreter seus adeptos com sua fala mansa e hipnotizadora, que, segundo ele, serve para desprogramar a mente dos ouvintes, também para lhes dar a impressão de que é um sábio.

A doutrina de Osho é de convencer que ele segue uma religiosidade sem religião, sem crenças. Mas sem dúvida sua mentalidade é proveniente de sua cultura oriental, mais precisamente encontrada na filosofia budista, cujo foco é a Iluminação da Mente - Nirvana - Para ele "Buda foi mal compreendido", mas critica a busca por uma vida austera dos monastérios tanto budistas quanto católicos. Sua iluminação também se deve aos seus estudos humanistas como o Iluminismo. Ele também experimentou diversas religiões mas se reteve a criticar somente a principal religião ocidental, o cristianismo, pois para ele "Deus é um problema". Ele não foi somente ateu mas anti cristão e merece ser desmascarado mais amplamente a medida que se propaga sua ideologia, que é basicamente de se livrar de suas crenças e esvaziar a mente. No entanto ele crê na continuidade da mente (atman) e na reencarnação (samsara). Por isso vale lembrar aquele ditado popular famoso: cabeça vazia, oficina do diabo…"1

_o
Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License